quinta-feira, 27 de dezembro de 2012

Muita pretensão

Eu queria escrever um texto profundo, cheio da minha corriqueira esperança, cheio de um desejo inequívoco de viver muito, intensamente, com tudo e apesar de. Eu queria escrever um texto que devolvesse essa vontade para as pessoas, vontade de lutar, de continuar vivo, de se arriscar. Eu queria escrever algo que fizesse com que alguém mudasse aquilo que sempre achou ser incapaz de mudar. Um texto que convencesse alguém a correr atrás daquilo que sempre quis e nunca teve coragem para tanto. Eu queria escrever um texto revolucionário, que transformasse um pouquinho o mundo ao redor. Um texto que tocasse os corações perdidos, desiludidos, amargurados. Algo que comovesse alguém com o coração endurecido. Algo que fizesse sorrir aquele que perdeu o mundo inteiro numa curva de estrada, numa maca de hospital, numa esquina qualquer. Que fizesse pensar aqueles que não param nenhum segundo sequer para refletir. Eu queria escrever de um jeito que fizesse alguém mais feliz, mais forte, mais persevarante... De um jeito que fizesse com que aquele que corre contra o tempo diminuísse o ritmo e ficasse um pouco mais com seus. Um texto que fizesse com que casais separados por abismos de mágoa e dor dessem as mãos. Um texto que fizesse com que irmãos que se perderam nos redemoinhos da vida se perdoassem. Algo capaz de teletransportar alguém distante para junto de quem sente sua falta pesadamente. Um texto capaz de diminuir distâncias, fechar buracos, soterras os fundos de poços, secar todas as lágrimas (ou, pelo menos, deixar permanecer apenas as de felicidade). Um texto só, mas que fizesse com que cada pessoa, ao lê-lo, levantasse de seu comodismo e inação e percebesse que a gente não está aqui para pagar contas, ou acumular riquezas, ou engordar a conta bancária, ou viajar o mundo inteiro em 90 dias, ou comprar helicóptero e jatinho e camaro amarelo... Não! A gente está aqui para amar e aprender. Um texto só e que fosse capaz de fazer um Ano Novo inesquecível para cada um e para todos.

3 comentários:

Karina Bottura disse...

Cele, feliz 2013! De muita saúde, harmonia, alegria, amor, aprendeizados, oportunidades e sucesso! Beijos Karina - Blog Melhor da Vida

Isabelle Gois disse...

Marcele, não é pretensão querer escrever um texto desse, é ter um coração bom pra desejar tudo isso :)
Sem pretensão, rs...mas em 2013 você poderia pensar em um encontro com suas leitoras aqui de Fortaleza, se concordar eu já tô na fila, hehe. Feliz ano novo, tudo de bom pra você e pros seus, bjs

Mirys + Guigo + Nina disse...

E você conseguiu!!!

Feliz ano novo, Cele (minha irmã com "M" e 7 letras, que mora longe)!

Bjos e bençãos.
Mirys
www.diariodos3mosqueteiros.blogspot.com