domingo, 24 de abril de 2011

Desculpa

Eu quero pedir desculpas por ficar tão centrada na minha dor, tão focada no meu próprio umbigo, tão desconcertada e surpresa com o que me revirava por dentro, que esqueci de olhar para você com estes olhos de compaixão e solidariedade. Eu queria pedir desculpas pelo meu egoísmo, pela minha desatenção, pela minha miopia absurda, pela minha falta de sensibilidade em escutar o que doía em você também. Eu queria pedir desculpas por ser assim, intensa, impulsiva, destrambelhada e carente, tão perdida dentro de mim que passo por cima dos outros como um trator, como se a cruz que eu carrego, como se as correntes que arrasto fossem muito mais pesadas que as dos outros. Desculpa! A minha visão ficou turva, o meu coração se comprimiu, faltou o ar de novo e eu me perdi de mim, eu me afastei de você, eu não fiz o que deveria fazer, eu errei. Eu queria apenas que você soubesse que estou aqui sempre, que você também pode contar comigo, que eu também sou toda ouvidos para o seu desabafo, eu também sou um ombro amigo. Eu queria que você soubesse que nunca poderei agradecer todo o apoio, todo o carinho, mas eu sei que posso retribuir. E é por isso mesmo que peço desculpas agora, por ter sido descuidada. Desculpa...

Um comentário:

Mirys + Guigo + Nina disse...

Cele:

Post de sexta: se joga!
Post de domingo: desculpa...

Você não pode ter errado tanto assim em apenas 48 hs! O que quer que seja, tenho certeza: dá pra consertar! E você já deu um passo à frente!...

Bjos e bençãos.
Torcendo muito aqui, viu?
Mirys
www.diariodos3mosqueteiros.blogspot.com