domingo, 14 de agosto de 2011

Homenagem Inevitável

Ano passado, nós fugimos do Dia dos Pais. As crianças não foram à escola, não assistiram à TV e fizemos os programas normais de domingo sem tocar nesse assunto. Esse ano, eu optei por enfrentar o dia. Digo enfrentar porque efetivamente é uma barra muito pesada para mim ter de reconhecer essa ausência dolorida e amenizar a dor dos meus pequenos. Não, não é fácil enfrentar o Dia dos Pais sem ele e por isso, essa homenagem. 

Em fotos eu conseguirei expressar, lembrar e reverenciar o amor que ele tinha pelos pequenos, o amor que surgiu desde a barriga, que fez ele se apaixonar pelo bebê, que fez ele voltar a ser criança, fez com que tivesse ideias mirabolantes de diversão, fez rolar no chão, pagar mico e ser o pai mais perfeito que estes olhinhos aqui já viram. Feliz Dia dos Pais, Thi! Onde você estiver, saiba que eu sigo aqui tentando fazê-los não esquecer nunca do seu imenso amor.




























14 comentários:

Aluska disse...

Não tem como não chorar, amiga. Te acompanho no choro torcendo pelo sorriso.

Desconstruindo a Mãe disse...

Que linda família! Que homenagem bacana!

Que bom que encaraste de frente e tens aqui uma oportunidade de mostrar aos teus pequenos que eles têm, sim, uma história com seu pai.

E essa história continua sendo construída, nas histórias lembradas! Está sendo escrita tendo uma base sólida de amor!

Parabéns a ti, que hoje és pãe, como dizemos...

Beijo, tenho certeza de que teu amado continua zelando com amor pelos filhos e por ti.

ngrid

Anônimo disse...

(*) ... sem palavras

Izabel Bezerra disse...

O que lhe dizer nessa hora?
Como lhe ajudar?
Rogando à Deus que lhe encha de bençãos e FORÇAS nesse momento em que você tem que ser PÃE,e que com certeza terá sucessos,pois de amor VERDADEIRO,que fica,que preenche,você entende...
Meu beijo no coração,e uma vontade ENORME de te abraçar e dizer...você o fez o homem mais feliz do mundo e realizado em SER PAI!!!

Cássia disse...

Ai..Deus..que momentos lindos!! que felicidade contagiante!!!! Saudade tão grande..nem cabe no peito... abraço apertado, Marcele!

PAULA disse...

Cele,
Realmente esse é um dia que eu também gostaria de não estar vivendo. Eu tenho o meu pai, ainda bem, que tem sido todo meu apoio nesses tres meses de tormenta. Mas é bem complicado para minha filha de 7 anos não ter o pai para cerebrar. Esse ano também não fomos a festinha dos pais na escola, mas ela sofreu bastante. Na semana passada, ela estava vendo tv com minha irmã e meu irmão e durante uma propaganda ela perguntou para eles como seria o dia dos pais para uma criança que não tem mais o pai? Como explicar uma coisa dessas?
Ontem fez 90 dias que ele morreu e está bem difícil passar pelos dias.
Hoje todos foram almoçar na casa de um irmão, eu não fui, mas a Flávia foi e vai acabar se divertindo.
De qualquer maneira haja coração para passar pelas datas. Se no próximo calendário elas não existissem mais eu iria ficar bem feliz! (quem sabe um dia isso acontece?)
Um abraço,
Paula.

Stranger disse...

mais uma vez, chorei.

Naina disse...

prima, imagino o quanto esse dia está sendo difícil para vc. e por isso só desejo força e amor.

Anônimo disse...

Linda homenagem....recordar é viver..as fotos falam tudo!
Felicidades.

Lídia disse...

a gente cala vendo isso. a gente cala pensando em como tudo era tao verdadeiro, vendo tanto amor junto.
#dóimuito
te envio agora de tao longe toda forca positiva que posso agora... bj

Anônimo disse...

Não tem como não chorar mesmo.É muito lindo ve-los juntos.Deu pra notar o paizão que ele era,e vc vai poder se orgulhar disso pra sempre.
Alana Braga

Suelen Rauber disse...

Quanto amor! Lindo demais...

Isabelle disse...

Marcele, como disse uma moça acima: eu creio plenamente que ele está de longe olhando por vocês!!
Que lindas fotos, verdadeiros e intensos momentos de felicidade que jamais serão apagados.
Um beijo

Mirys + Guigo + Nina disse...

Cele... tô aqui, tá? É só isso que posso dizer...

Bjos e bençãos.
Mirys
www.diariodos3mosqueteiros.blogspot.com

PS: amei a penúltima foto... minha preferida...