segunda-feira, 11 de julho de 2011

"Eu te amo"

Eu disse uma vez que quando se fala "Eu te amo" não se está fazendo uma promessa para o futuro, mas apenas e tão somente uma constatação do sentimento no presente. Não há garantias nem cláusulas compromissórias subentendidas na frase. Não há nó, não há laço, não há porvir. Não há nem necessidade de reciprocidade. Quando se ama alguém, se ama pelo que o outro é, por tudo que é específico dele e por nenhum motivo em particular, porém quando as palavras deixam a boca elas constatam o que de fato existe AGORA. Quando se diz que se ama alguém, apenas se confirma e verbaliza aquilo que o coração sente há muito e já sabia faz tempo. Quando se diz que se ama, tem que se dizer olhando fundo nos olhos, olhando para a alma, de um coração para o outro, para que não reste dúvidas, para que não caiba questionamentos. Não se pode ser leviano com o amor, repetindo a frase em vão para qualquer um. Não se pode ser mesquinho, escondendo um sentimento tão intenso por medo, seja lá do que for. É exatamente por ser uma constatação do momento presente que o "Eu te amo" de ontem não vale para hoje, bem como o de hoje não se renova automaticamente quando um novo dia amanhecer. Há que ser dito sempre, todos os dias, cada vez que o coração sentir aquele aperto doído de amor ou quando ele amolecer como se derretesse de tanta ternura e bem querer. Há que ser dito para quem faz a nossa alma ficar alegre e torna a vida colorida e perfumada. Há que ser dito como explosão, no impulso, sem pensar muito. Há que ser dito quando o silêncio doer e a vontade de falar faça as palavras mexerem a nossa língua meio que automaticamente. É sempre melhor quando o amor se espalha, se faz audível, é sempre mais feliz quem ouve, é sempre benéfico estar certo sobre o amor do outro; mas é perfeito e sublime quando depois que se diz, se escuta um "eu também".

5 comentários:

Selma Helena Lessa disse...

Eita que coisa mais linda de ler!
Texto sensível, verdadeiro, claro, doce, forte e lindo lindo lindo!
Beijos, saúde e proteção todos os dias!

Naina disse...

eu te amo hj em dia tá tão banalizado que dá é raiva.todo mundo diz pra todo mundo, e nem sabe o real significado dessa palavra que é extremamente forte.
Mas, fazer o que?!
Só sei que só falo quando realmente tenho certeza.

Isabelle disse...

lindo demais!
que bom passar por aqui e encontrar essas pérolas :)
beijo!!

Val disse...

Belíssimo texto, como sempre.
Bjos

Mirys + Guigo + Nina disse...

Afê!!!!

Mulher, me diz uma coisa??? Com toda a sinceridade???? Algum dia, por um acaso, você vai escrever algo que eu NÃO goste de ler?????

Porque, assim não pode, assim não dá! É apelação!!!!

Bjos e bençãos.
Mirys
www.diariodos3mosqueteiros.blogspot.com

PS: que Caio F., que nada! O negócio é Cele A.! Isso sim!!!