terça-feira, 29 de maio de 2012

Para M.

Eu não me canso de repetir que ser feliz exige coragem. A vida vai concatenando acontecimentos, altos e baixos, céu azul e escuro do fundo do poço e as pessoas vão lidando como podem, se virando como conseguem, enfrentando e fugindo, chorando e sorrindo. Nem sempre escolher a felicidade é o caminho mais fácil. Porém, tendo passado por momentos tão difíceis, é possível perceber quão efêmera ela é e aí surge esse intento, quase passional, de agarrá-la com unhas e dentes e de prendê-la numa cápsula.
 
Não é assim que se vive, não é assim que se consome a felicidade. No fundo, todo mundo sabe. A felicidade normalmente está atrelada à liberdade de ser quem se é e de estar em paz com as próprias escolhas, ainda que o mundo inteiro critique e julgue. Felicidade tem muito mais a ver com essa coragem de se encarar a si mesmo no espelho e saber exatamente o que importa. Daí porque falo tanto de coragem. Coragem para reconhecer o que de si não se enquadra nem será como o mundo espera. Coragem para entender o que se quer, o que se ama, o que vale a pena. Coragem para enfrentar os dedos apontados, o julgamento alheio, a opinião pública e saber, de fato, o que amansa o coração, o que faz a vida colorida, o que torna o mundo encantado e lindo, o que devolve o brilho aos olhos e o sorriso aos lábios.
 
Ser feliz exige essa honestidade consigo, essa transparência que nem sempre é fácil ter. Por isso mesmo, falo de coragem. Algumas coisas inevitavelmente vão doer, algumas pessoas inevitavelmente vão falar, alguns momentos inevitavelmente serão ruins; o importante é que, no cômputo final, quando deitar a cabeça no travesseiro, reste a sensação profunda e inequívoca que é esse mesmo o lugar em que se quer estar, o caminho que se quer seguir e aí, então, o sono seja de paz e de amor.
 
TJ!
 
PS: Porque nossas conversas, vezenquando, rendem posts.

2 comentários:

Mirys + Guigo + Nina disse...

C.

Obrigada por ser parte da minha coragem, do que me move pra frente, do que me faz ver "com outros olhos".

Amo você.
TJ!!!

Bjos e bençãos.
M.

PS: nossas conversas "vezemsempre" rendem posts, amiga...

Mari Vilela disse...

Esse post é pra mim :)